Pilates

2077

Com a vida cada vez mais corrida, a cidade exige cada vez mais que você tenha cuidado com a sua saúde para poder continuar a manter seus hábitos de forma saudável e tranquila. Muitas pessoas acabam causando mais problemas a si mesmo do que imagina pois pode não ter nenhum problema de saúde que atinge a maior parte da população ou que precisa de uma atenção maior e cuidados específicos.

Mas desde criança escutamos dos nossos pais uma bronca que nunca demos atenção. “Senta direito, menino” era um grito constante da sua mãe, que via você todo torto no sofá da sala assistindo TV, e até mesmo, agora mais recentemente, sua mãe assistia você sentado todo torto na cadeira do computador, ou até mesmo deitado na cama, numa posição que pode parecer confortável para você, mas sua coluna deve estar gritando horrores de dor e com a maldade que você está fazendo com ela.

Para que dar atenção àquela dorzinha que incomoda, mas basta você deitar e dormir que ela passa? Ou você se lembra de reclamar constantemente sobre ter dor nas costas? Seu pai podia falar “vem cá filho, eu te levanto e ajeito sua coluna” e você era esticado e colocado no alto por seu pai, e sentia sua coluna estalar e o alivio atingia você imediatamente, como se fosse água gelada para quem está morrendo de calor.

Maus hábitos causam a maioria dos problemas com a coluna que enfrentamos todos os dias. Obviamente alguns deles são devido a complicações na saúde das pessoas, como curvatura muito grande na coluna (chamadas de hipercifose e hiperlordose), escoliose, pé chato (pronado), entre outras doenças. Para esse tipo de situação, é indicado que a pessoa faça uma reeducação da postura (RPG) para poder trabalhar a globalidade do corpo e administrar melhor o peso que aplica em determinadas posturas.

Para alinhar a postura, dependendo do problema diagnosticado, a pessoa também pode fazer exercícios de pilates, que fortalece e alonga o corpo. A diferença entre pilates e o RPG vem do problema que a pessoa que está com dor sente e qual é a avaliação médica, já que ela pode vir de várias fontes: muscular, neural ou articular, e então analisar o verdadeiro motivo da dor.

Pessoas com posturas erradas
Corrija a postura com pilates

Pilates contra a dor na coluna

De acordo com fisioterapeutas, o pilates é uma técnica que estimula o fortalecimento e alongamento do corpo, considerado um tratamento fitness que proporciona o alivio da dor, com uma postura adequada e o alinhamento articular por meio do fortalecimento da musculatura estabilizadora.

Os exercícios existentes no pilates são indicados para o tratamento de coluna na qual o profissional que acompanha a pessoa utiliza aparelhos para ganho de força muscular, alongamento e resistência da musculatura global da coluna. Com a função de estimular que a coluna tenha estabilidade e boa postura, o pilates também aumenta o condicionamento físico e força, sem causar lesões na coluna por posturas inadequadas.

Unido a isso, o pilates também traz benefícios que podem ser mantidos após alcançar os objetivos de melhorar a dor na coluna. Um tratamento que consome energia e fortalece o corpo também é uma arma para quem quer emagrecer fazendo exercícios para ganhar forma e eliminar gorduras.

RPG ou Pilates?

Já a reeducação postural global atua de maneira diferente do pilates. Ele é um tratamento individual, diferente do que vimos anteriormente, e é realizado por um fisioterapeuta, que utiliza os conceitos da cadeia muscular, e aplica técnicas com o objetivo de melhorar a dor do paciente e corrigir a postura também.

O tratamento envolve a globalidade do corpo do paciente e, portanto, trabalha para melhorar as dores e a má postura por meio de sessões que envolvem todas as articulações e a maioria da musculatura, ou seja, reeducação postural. Nesse caso é recomendado para quem tem problemas prévios de coluna, diagnosticado por médicos especialistas.

1866
Pilates: uma ótima técnica para combater as hérnias de disco!

Hoje em dia, são muitas as dores entre as pessoas que têm uma rotina corrida. Algumas dessas dores às vezes nem incomodam tanto, porém tem outras que não só trazem grande mal-estar às pessoas, como também as prejudicam nas várias esferas de sua vida. As chamadas hérnias de disco fazem parte do grupo das “dores insuportáveis” e hoje, segundo o INSS, são a segunda maior causa de afastamento de pessoas do trabalho no Brasil, sendo superadas apenas pelas doenças do coração. Além disso, o número de afetados pelas hérnias de disco chega a mais de 6 milhões no país.

Mas o que são as hérnias de disco? Tratam-se de lesões ocorridas nos discos que fazem parte da coluna vertebral. Entre uma vértebra e outra, há estruturas em formato circular que têm como função impedir o atrito das vértebras e ainda amortecer o impacto, funcionando como “sanfonas” da postura. No entanto, com o decorrer do tempo – e também com a falta de atividade física, com o excesso de peso carregado nas costas e com vícios posturais –, esses discos acabam se deslocando e atingindo as raízes dos nervos localizados na coluna, formando, assim, as dores tão complicadas.

Por isso, os sintomas mais comuns das hérnias de disco são dores na região lombar ou no pescoço, dormência nessas partes, sensação de fraqueza, distúrbios motores e dificuldade para espirrar, rir, tossir, se levantar ou se sentar. O tratamento para esse problema chega a durar três meses e consiste de um período de repouso (geralmente curto), a utilização de medicamentos analgésicos e fisioterapia.

Contudo, para um tratamento ainda melhor e que previna novos riscos de se contrair esse problema, o que especialistas têm recomendado é que as pessoas afetadas façam exercícios de pilates para hérnia de disco. O pilates, que é uma atividade física bastante conceituada para a coluna (como já foi visto no post anterior do blog), pode ser ótimo inclusive para quem sofre com dores nessa região e precisa eliminar esse sofrimento.

 

Efeitos e vantagens

Mulher praticando pilates

Como a hérnia de disco é um deslocamento das estruturas circulares que compõem a coluna, uma forma de se aliviar as dores e solucionar o problema é colocar essas estruturas na posição original. Afinal, elas só saíram do lugar porque um vício ou um defeito na coluna começou a forçá-las em demasia, empurrando-as para o lado.

No caso do pilates, os exercícios são feitos para estimular toda a musculatura a ficar reta e alongada. Assim, para quem sofre desse problema, isso significa realizar atividades físicas focadas na postura, corrigindo seus erros e fortalecendo-a para que ela volte a ter a condição ideal que ela foi perdendo ao longo do tempo. Essas atividades focam em músculos internos, de modo que as hérnias poderão pouco a pouco ser estimuladas e comprimidas a voltarem ao lugar certo, de onde elas nunca podiam ter saído.

E não é apenas a coluna que precisa ser exercitada durante as sessões. Especialistas apontam que, no decorrer das aulas, o quadril, a parte superior das pernas, as coxas, as canelas e os ombros também devem ser estimulados. Isso porque a dor, mesmo em seu estágio inicial, já começa a atingir outros membros do corpo, de modo que não basta apenas alongar a coluna para sanar o problema.

Com isso, o pilates consegue resolver alguns pontos-chave das hérnias de disco. Ocorrem o alívio da dor, a diminuição do formigamento, a melhora da postura e a recuperação de movimentos até então debilitados. O corpo todo também ganhará, já que os exercícios de pilates também promoverão um fortalecimento muscular, uma redução do stress e uma melhora na consciência corporal.

 

Tratamento 360°

Ainda assim, é importante frisar que, por se tratar de um problema físico agudo, as pessoas devem procurar orientação médica para saberem qual o melhor tipo de tratamento segundo o seu caso e a sua saúde. Há tratamentos que inclusive utilizam múltiplos meios e, por isso, são chamados de 360°. Além do pilates, o médico pode receitar a osteopatia e a reeducação postural global (RPG), procedimentos fisioterapêuticos muito recomendados em casos extremos.

2230

Mulher praticando pilates

O ser humano possui um organismo vertebrado e ereto, que sustenta seu corpo através da postura. No entanto, o dia a dia corrido dos tempos atuais, em que há cada vez menos tempo para o esporte e em que o trabalho consome horas da rotina, tem causado malefícios para a coluna, que ocasionam em dores, mal-estar e incômodos diversos. Segundo os médicos, 80% da população brasileira já sofreu ou poderá sofrer com algum desses malefícios, cada vez mais comuns.

Os problemas geralmente vêm com a idade. Especialistas apontam que, a partir dos 40 anos, a coluna começa a se desgastar com vícios que, se não controlados logo com o surgimento dos primeiros sintomas, podem prejudicar todo o corpo. Como a coluna equilibra as muitas partes do organismo, podem ser afetados o sistema musculoesquelético, os pulmões, a respiração e até mesmo a coordenação motora.

Por isso, várias são as técnicas e metodologias inventadas ao longo dos tempos para a solução desses vícios. O pilates, criado no comecinho do século XX, é uma prática que cresce a cada dia e que tem, entre seus inúmeros benefícios, justamente a recuperação da coluna e a correção de suas falhas e dores.

 

Postura melhor para uma vida melhor

Mulher praticando pilatesEssa atividade física de origem alemã se destaca de outros tipos de ginástica por alongar a musculatura interna de todo o corpo, utilizando a anatomia humana. Em outras palavras, cada exercício foi pensado segundo as limitações e as características de cada parte do organismo, de modo que não há riscos de lesões, ferimentos ou efeitos colaterais ao longo de sua prática. Além disso, não há a repetição de exercícios no decorrer das sessões, para que músculos da cabeça aos pés sejam estimulados.

Porém, o que isso tem a ver com a postura? Dentre os músculos que são alongados com o pilates, há a coluna. Ao ser alongada, ela vai perdendo gradativamente o peso e o sobrecarregamento causados pelos vícios, se tornando mais forte e mais flexível. Assim, o praticante, em um curto período de tempo, já fica com um corpo mais reto e longilíneo.

E isso acontece até mesmo fora das aulas. Esse esporte tem como finalidade incitar efeitos permanentes e contínuos nas pessoas, graças à profunda reeducação corporal que ele promove. Afinal, com a coluna mais rígida e firme, o praticante terá mais dificuldade para se curvar ao longo de sua rotina e saberá como manter sua coluna numa posição saudável e benéfica para sua saúde. Seja sentado ao computador, seja na rua, ele se policiará constantemente, ou então o hábito já se tornou tão automático que ele nem precisará pensar muito.

Devido a isso, o pilates é altamente recomendável para quem já sente dores na coluna. Como seus exercícios não provocam lesões, o praticante não sofrerá ao longo das sessões e não prejudicará outros órgãos e componentes do corpo. Claro que é sempre bom consultar um médico para saber se a gravidade do problema não exige talvez um trabalho fisioterapêutico, mas muitos ortopedistas não só aprovam, como também recomendam o pilates como um complemento até em situações mais graves.

 

Estética e beleza

Mulher sentada ao computadorContudo, engana-se quem pensa que essa atividade física só é vantajosa para a saúde. Muito pelo contrário! Para quem também se preocupa com a estética, ela traz muitos benefícios, tendo em vista que corrigir a postura traz efeitos positivos para a imagem e linguagem corporal.

Especialistas em recursos humanos apontam que uma postura curvada pode significar, em entrevistas de emprego, insegurança e até mesmo falta de comprometimento, mesmo quando a pessoa está completamente interessada na vaga de trabalho. Mais ainda, há recrutadores que atribuem a postura errada a mentiras e falhas de caráter, o que significa que problemas na coluna podem prejudicar a pessoa até mesmo em sua carreira.

Outro benefício estético da postura está no fato de que um corpo longilíneo e retilíneo é mais atraente. Afinal, a coluna fortalecida deixa a pessoa com um ar elegante que é muito sedutor para as pessoas que procuram por alguém que esbanja autoconfiança, algo cada vez mais comum hoje em dia.

É por isso que praticar o pilates deve ser considerado por quem valoriza seu bem-estar, sua beleza e seu corpo. Adorado por celebridades e bastante popular hoje em dia, ele só traz benefícios e é perfeito para agregar valor e força a uma das partes mais importantes do organismo – a coluna.

938

O surgimento dos esportes como fórmula de atividade para distração começou a ser enfatizada no final do século 18, com a primeira olimpíada, em Atenas, capital Grega. A partir desse momento, o uso de modalidades nas atividades diárias das pessoas começou a ser incorporadas. Aos poucos foram surgindo as primeiras equipes esportivas, cada uma dentro de sua ramificação. No Estados Unidos, foram inauguradas as franquias de beisebol. Indo para a América do Sul, mais especialmente em solo Brasileiro, surgia as primeiras agremiações de remo e por volta de 1900 surgia o futebol.

Os anos foram se passando, e novas organizações eram criadas, para um grande e variado leque de modalidades. Contudo, a partir da década de 10, boa parte desses esportes, em vários lugares do mundo, começaram a ser vistos como competição, e o campo do lazer foi deixado de lado. Naquele tempo não existia muitas regras para suas práticas. Sendo que, na maioria das oportunidades, não existia limite entre as palavras esportividade e violência. O futebol americano, por exemplo, chegou a ser proibido na década de 30 por conta de inúmeros problemas que ocorriam ao praticar o esporte, resultando, inclusive, em óbitos.

Pensando nisso, algumas pessoas começaram a desenvolver novas estratégias visando encampar as pessoas que buscasse usar o significado do esporte como uma forma de recreação e desenvolvimento do corpo. E dentre as várias ideias, uma começou a fazer grande efeito em Nova York. No início da década de 20, um alemão, chamado Joseph resolveu desenvolver uma formula de exercício que buscasse controlar a musculatura do corpo realizando exercícios deitados ao chão. Essa modalidade, polemica naquele tempo, recebeu o seu sobrenome, Pilates. Atualmente ela é uma das que mais cresce no brasil, sendo praticado por pessoas de todas as idades.

Os avanços da técnica.

Joseph Pilates e seu ensinamento.

No início da época, o exercício não foi muito bem visto pelos especialistas em condicionamento físico, sendo renegado por grande parte deles. Contudo, a modalidade conseguiria dar sua volta por cima após a segunda guerra mundial, quando a expansão da ideologia capitalista começou a criar raízes em vários países do globo e o terrível problema das dores nas coisas começou a aparecer com maior ênfase. As grandes modalidades, como basquete, futebol, beisebol e futebol americano eram vistos como ótimos para a musculatura, mas eles não cuidavam especificamente da dor localizada, combatendo ela de modo contundente e direto.

Com a morte do criador, na década de 60, sua esposa, Clara, continuou tocando o projeto que já era um enorme sucesso naquele momento. Vários dançarinos americanos aprovavam a estratégia e disseminavam seus ensinamentos, ajudando a polarizar sua metodologia. Aos poucos, o preconceito passado sumia e a alegria do presente resplandecia sobre a cabeça dos vários praticantes da modalidade. Isso acabou se tornando um grande pilar propagandístico ao esporte, já que a maioria das pessoas observava nele uma forma de ficar parecido com as pessoas mais belas até aquele momento. Muitos lugares do EUA foram tomados por essa onda, mudando a conduta atlética de boa parte da população, que voltou a ver a pratica esportiva como um agregador nas suas vidas.

A atualidade do pilares.

Mulher praticando Pilates.

Passeando por vários países do mundo é possível verificar como a modalidade se espalhou pelo mundo e ganhou uma legião de fãs. O número de adeptos cresce a cada ano. Durante os anos 80 e 90, o esporte ganhou muita força na Europa e se fez mais presente no EUA e Canadá. A partir do século 21, a suas técnicas desembarcaram com força no Brasil. Por ser uma atividade nova, apenas as pessoas que tinham maior acessibilidade financeira faziam uso de suas técnicas. A falta de informação também pesou para o seu desenvolvimento tardio em terras tupiniquins.

Contudo, a partir de 2005 o pilates tem seu grande estopim, devido a evolução econômica que o país começou a viver. Várias academias começaram a ver o esporte como uma grande forma de atrair novos clientes que gostariam de ver modernidade nesses espaços. Foi a partir disso que começou a se desenvolver os centros especializados na técnica. Existem centenas no país, mas poucos conseguem ter o padrão de qualidade e aplicar seus detalhes com tamanha pratica e eficiência como o studio 11 pilates. Conhecer esse caminho faz de qualquer cliente uma pessoa mais leve e melhor.

676

No estresse do dia a dia, uma das funções mais comuns resultantes desse clima de extrema correria e desequilíbrio são as famosas, chatas e intensas dores no corpo. Mais de 50% dos Brasileiros sofrem desses sintomas em várias regiões do corpo, como costas, braços, pernas e peito. Muitos especialistas do ramo ortopédico dizem que esses ruídos são ocasionados pela alta exigência que grande parte das pessoas são colocadas diariamente. A maioria sofre com graves tensões emocionais, levando esses destemperos para sua vida pessoal, e junto com ela, as dores de um dia corrido e desgastante.

Alguns psicólogos dizem que boa parte das dores está coligada com o desenvolvimento emocional e psíquico da pessoa. Indivíduos desanimados, ou que são forçados a realizar alguma atividade, na maior parte das vezes, sofrem de dores agudas justamente na parte do corpo onde o trabalho mais exige. Contudo, outros departamentos do ramo corpóreo, como os instrutores de educação física afirmam que esses problemas são oriundos, na maioria das vezes, por conta da falta de alongamento e aquecimento do corpo antes de realizar qualquer atividade, independentemente se a pessoa trabalha em escritório ou no meio de um processo manufaturado.

Muitos ainda não têm pleno conhecimento da importância que tem fazer um processo de alongamento ao acordar e antes de fazer alguma atividade. Até o final dos anos 90, essa informação não era veiculada com tanta ênfase como nos dias atuais, por uma simples razão. O número de pessoas que desenvolvem dores crônicas por conta desse pequeno detalhe cresceu mais de 45% nos últimos 3 anos, segundo dados de alguns institutos clínicos. Por essa razão, vários mecanismos começaram a ser desenvolvidos visando acabar com esse incomodo male que atinge milhões de pessoas. Dentre vários, uma ideologia vem fazendo intenso sucesso e mudando a forma de pensar das pessoas em relação a alimentação e qualidade de vida, o pilates.

A reeducação corpórea cresce no Brasil.

 

Pessoa com má postura mexendo no notebook.Alguns dados divulgados recentemente mostram que mais de 30% da população brasileira começou a frequentar algumas academias. Um dos vetores que impulsionou esse crescimento é a ampliação do mercado e o baixo custo que grande parte dos espaços oferecem aos clientes de todas as classes e idades. Mais do que entrar na moda, esse grande nicho de pessoas observa nesse caminhar uma oportunidade de evoluir seu quadro clinico e viver com maior leveza, naturalidade e equilíbrio. O sucesso vem sendo muito grande, ao ponto de impulsionar ainda mais esse ramo mesmo com a crise econômica que o país está vivendo.

Uma das áreas que mais vem recebendo frequentadores é o pilates. No início, quando ele começou a surgir, muitos iriam fazer sua pratica desconfiando das reais benesses que tais atividades poderiam trazer. Contudo, a eficiência dessa ideologia foi tão grande ao ponto de atrair novos seguidores e disseminar esse pensamento por todo o país, chegando no caso de não obter mais vagas em vários estabelecimentos vide a alta demanda de pessoas buscando usufruir da calma e tranquilidade que ele transmite. Vários médicos, ortopedistas e pessoas comuns recomendam esse meio para boa parte dos amigos que sofrem com dores crônicas.

O Brasileiro recuperando o senso de tranquilidade.

Pessoa fazendo Exercício de Pilates

Com a elevação de praticantes no ramo, maiores foram os resultados. Existe casos de pessoas que nunca mais sofreram incômodos nos joelhos e coluna por conta dos exercícios praticados. E esses exemplos só aumentam pelo Brasil. O custo, na maioria das vezes, pode ser um problema. Mas vários estabelecimentos, principalmente os especializados, fazem vários tipos de planos, em valores que cabem no bolso de qualquer consumidor, sendo um fio condutor a mais nesse mercado que não para de crescer e adquirir fãs em todos os cantos do país.

As informações sobre a importância do Pilates, a cada dia, vêm sendo disseminada com maior eficiência, abrangendo novas pessoas que observam nessa oportunidade uma saída para melhorar sua postura ao sentar, deitar, caminhar, etc. Além disso, essa atividade tem como fato preponderante o relaxamento do corpo, o que melhora a coordenação motora, elimina vários sentimentos negativos do cidadão, traz de volta os pensamentos positivos e faz com que a pessoa viva no suprassumo da felicidade, ações que eram muito difíceis anos atrás, mas que agora está sendo fácil de alcançar.

1849

Todo mundo já ouviu falar da modalidade de atividade física chamada pilates, não é? Quem ainda não ouviu, vai acabar tomando conhecimento mais cedo ou mais tarde (mesmo que chame de PilatOs por algum tempo). E quem já ouviu falar, sabe que se tratam de atividades feitas em impacto articular e sem ênfase na hipertrofia – ou seja, aumento significativo da massa muscular, a famosa “maromba”.

E mesmo já sendo assim, conhecido, muita gente ainda tem dúvida sobre praticar ou não essa modalidade pois o nome já é conhecido, mas os benefícios… nem tanto. Então, que tal jogarmos uma luz nesse assunto?

Por que fazer?

O pilates é interessante pela ausência de impacto nas articulações ao executar os exercícios, e provavelmente esse é um de seus pontos mais fortes. Sabemos que o excesso desses impactos (por exemplo, o impacto da corrida sobre os joelhos) é altamente nocivo e pode fazer com que um atleta se “aposente” da modalidade em poucos anos, seja ele profissional do esporte ou não. Os exercícios realizados no pilates conseguem promover a força muscular que a corrida proporciona, mas sem judiar das articulações.

Outra vantagem – das grandes – dessa modalidade é que ela pode ser feita tranquilamente por pessoas idosas e também por aquelas que, até então, eram sedentárias. Aliás, para estes grupos, o pilates é uma bela forma de acesso à vida ativa! Ao invés de já entrarem em uma academia ou a uma atividade física mais extenuante, começar pelo pilates os deixará fisicamente preparados para outros esportes. Nada os impede de entrar já de cara numa atividade mais exigente, mas a chance de abandono será maior pois o rendimento inicial provavelmente será aquém do que estes novos esportistas esperavam, e isso pode desanimá-los. A culpa será da ausência de preparo físico anterior, e poucas vezes estes esportistas (agora frustrados) perseveram. Por isso a importância de um preparo prévio no pilates.

Outra vantagem do pilates é que o fisioterapeuta fiscaliza cada movimento do praticante – e isso é ideal para idosos e pessoas ansiosas, que têm mais dificuldades em realizar um movimento da forma correta e na velocidade apropriada.

Por que não fazer?

Por outro lado, o pilates pode não atender às necessidades dos praticantes. Por exemplo, o intuito dele não é o emagrecimento, muito buscado por algumas mulheres. Através de exercícios que utilizam muito as musculaturas mais internas do tronco, pode-se ter a impressão de que ele emagrece, mas o que ocorreu foi um reposicionamento mais firme dessa musculatura; a camada adiposa continuou como estava. No máximo, pode-se conseguir um aumento no metabolismo basal, já que a musculatura está sendo mais demandada, mas não passa disso. Por isso, se a intenção é perder peso, será melhor contar com orientação nutricional e a realização de exercícios aeróbicos junto com o pilates.

Falando em exercícios aeróbicos, esta é uma outra fraqueza do pilates: ele não demanda tanto da respiração (não deixa ofegante), já que os exercícios são executados de maneira lenta ou em isometria (sem movimentos repetidos; o praticante é orientado a ficar parado em uma posição por alguns segundos). Por isso é que esta modalidade não é boa para perder peso, mas é boa para fortalecer a musculatura.

Outra característica que pode desagradar a algumas pessoas é que o pilates não é uma modalidade praticada em grupos – ainda que possa haver mais de uma pessoa no mesmo ambiente. Algumas pessoas se sentem mais estimuladas a permanecer na atividade quando estão em grupos, e o pilates é mais, digamos, “solitário”. Isso pode ser desanimador para alguns indivíduos.

O pilates é como qualquer esporte conhecido: tem vantagens e desvantagens. Tomara que esse texto tenha ajudado você a optar por um! Vale lembrar: consulte um médico antes de iniciar qualquer um deles, ok?

1494

A chegada da terceira idade é um processo marcante para a vida de uma pessoa. Certamente, um dos momentos de maior reflexão, no qual é visível as transformações (e decorrentes limitações) que o corpo apresenta. E para a infelicidade alheia, o processo é inevitável. Mas a questão não é aceitar que a idade chega pra todo mundo, e sim a maneira como você se prepara para quando ela chegar e o que você faz para postergar os efeitos do envelhecimento do seu organismo.

E é nessa hora em que se deve pensar no Pilates como um grande companheiro para auxiliar o seu corpo em sua adaptação aos novos hábitos e costumes. Até porque, ganhar alguns aninhos de idade não significa dizer que está velho, e pratica-lo é justamente iniciar um grande e eficiente processo de reeducação do seu corpo com a nova realidade. E se ainda não sabe o porquê praticar Pilates é a melhor coisa a se fazer para evitar o envelhecimento, dá só uma olhada no que ele pode trazer como benefício para você.

Prevenção contra “doenças de velho”

Em detalhes, idoso sendo auxiliado durante uma sessão de fisioterapia do pilatesMarcado como um dos principais sinais de que você está realmente envelhecendo, é notar o número de vezes que necessita ir ao médico para fazer novos exames. Claro, na 3ª idade é comum consultar o médico com frequência muito maior, mas quando isso se torna um pouco mais exagerado do que de costume, é porque aí tem coisa.

Algumas doenças, como o caso da Osteoporose (doença que afeta o cálcio nos ossos), costumam dar sinal de vida depois de uma certa idade. Podem até aparecer em organismos mais jovens, mas em sua grande maioria, acaba afetando pessoas mais velhas. E através dos exercícios e dinâmica praticada no Pilates o corpo se previne de uma série de doenças, através da estimulação da circulação de sangue, e auxílio da fixação do cálcio para que este mal não venha a perturbar. Além da Osteoporose, muitos outros diagnósticos são evitados e você consegue aproveitar a melhor fase da vida bem mais tranquilo.

2016: marcado pela qualidade de vida

Pilateira durante exercitaçãoNão bastasse a prevenção contra doenças e controle sobre problemas já existentes no organismo, o Pilates deve ser caracterizado pela grande lista de benefícios ao corpo, gerados em função da sua prática. Por começar, aquela dúvida se pratica-lo emagrece ou não, é importante deixar claro que sim. Pensando no contexto da situação, controlar a sua amizade com a balança é muito importante e prolonga seu estado saudável.

Outros dois aspectos que pesam muito a favor do Pilates, a maneira como sua prática estimula o fortalecimento muscular e também melhora a qualidade de sono, tornando-o muito mais proveitoso e saudável o período de descanso. E quanto a isso, não precisa nem exclamar a necessidade em fortalecer os músculos e tornar sua noite de descanso a mais agradável possível.

Por todos esses fatores, está mais do que na hora de você se preparar para o ano que se aproxima e começa-lo de maneira bem animada. Conheça o Studio 11 Pilates e previna-se contra os efeitos da chegada da Terceira idade.

Boas Festas!!!

942

Ter uma vida estabilizada na cidade grande, como é São Paulo, não é nada fácil. Principalmente para a população de milhões de pessoas que passam dia após dia no trabalho, é realmente muito complicado não se estressar ou ficar mal-humorado com as peças que a rotina em uma grande metrópole acaba te pegando.

Até aí, sem problemas. A situação começa a se complicar quando esta situação de nervosismo se torna bem mais que um problema momentâneo e a pessoa demonstra alguns indícios de que sua saúde está ficando prejudicada em função disto. Dependendo da idade, pode até ser um pouco perigoso. Por isso, o Pilates é a prática perfeita para relaxar o corpo e ajuda-lo a enfrentar as situações que acontecem ao longo da rotina.

Aproveite o embalo de 2016, e inicie suas atividades

Em detalhes, praticante de Pilates exercitando
Entre no ritmo do novo que se aproxima e comece praticar o Pilates

Uma das principais características do Pilates é fazer com que a conexão entre o corpo e a mente esteja em perfeito funcionamento. Isso, para os exercícios praticados durante uma sessão, e principalmente para a correria das atividades convencionais da rotina. O Pilates é muito mais do que uma ginástica que te ajuda a ganhar uma boa forma com o seu corpo, ele também será muito importante para controlar sua mente e liberar o excesso de estresse acumulado.

A melhor maneira de entrar no ritmo do Pilates, é olhar com carinho este novo ano que se inicia agora em pouco. As férias são o momento ideal para correr atrás de todas coisas, e também para escolher o melhor studio de pilates para dar um start nos seus exercícios. Se você é daqueles que já pensou na ideia, mas acabou optando pela academia ou qualquer outra prática esportiva ou física, saiba que praticar o pilates pode te ajudar a obter melhores resultados nessas outras atividades – através de uma série de benefícios.

E por isso, é importante não vacilar e já começar a se ligar nos planos de 2016. Com essa ginástica, você fica muito mais tranquilo e se livra daquela onda de nervosismo que é quase inevitável. Vale destacar a sua efetividade, que pode ser até comparada com os benefícios conquistados na prática do boxe por exemplo. (Se quiser conhecer o Piloxing, que mescla ambas as artes, veja esse post AQUI).

Pilates: qualidade de vida que não tem preço

Em exibição, praticante de pilates fazendo exercício com a bola
A boa relação com o seu corpo que não tem preço

Estar em boa forma com o corpo é muito bom, mas não é só manter a boa relação com a balança que te fará ficar satisfeito. A parte psicológica do corpo requer um cuidado ainda maior, e através dos exercícios aplicados no studio você alcança o ponto ideal para ficar de paz por completo.

As famosas dores de cabeça, no corpo, fadiga acumulada e os problemas comuns de uma pessoa, podem ser resolvidos de algumas maneiras. E o Pilates é uma das melhores maneiras de se prevenir contra todos essas questões e até estimular à disposição.

Os resultados a médio e longo prazo são ainda maiores. Não perca seu tempo, e conheça o Studio 11 e todas suas instalações, consulte os nossos profissionais e entenda porque essa prática pode ser tão benéfica para a sua saúde e bem estar.

1317

Fim de ano, fim dos cronogramas… Já não resta mais nada para começar em 2015, correto? Errado. O mês de Dezembro é uma grande oportunidade para você sentar e montar todo o planejamento de atividades para o ano seguinte. Para aqueles que adoram fazer “promessas de ano novo”, essa é a chance de se preparar corretamente e então conseguir cumprir com tudo aquilo que havia sido planejado.

A saúde é um dos principais temas que sustentam a essas pequenas promessas. Se todo mundo que já prometeu entrar na academia, parasse de fumar e beber, ou fechar a boca para guloseimas, cumprisse com o que almejava, seríamos a população de pessoas mais saudáveis em toda a história da humanidade. Mas, como nem tudo sai na prática como é na teoria, dê uma pequena olhada nesses dois pequenos tópicos abaixo e tenha a motivação necessária para começar o Pilates em 2016 e não deixar que sua prática se prolongue por apenas alguns dias/semanas/meses.

A saúde sendo priorizada

Instrutor de Pilates auxiliando a praticante
Praticar Pilates em 2016 significa priorizar à saúde

O primeiro ponto e um dos mais importantes, é pensar que o seu corpo, assim como a contagem do calendário, também fica um ano mais velho e isso quer dizer que os cuidados a serem tomados devem ser conscientizados cada vez mais. Adquirir experiência de vida e mais alguns anos de idade não significa estar velho, mas está totalmente atrelado com a ideia de que você se preocupar em manter uma boa forma para não sofrer com as doenças – que começam a se tornar um inimigo mais real, com o passar dos anos.

Por isso, o Pilates é a resposta perfeita para que o seu corpo possa se prevenir dos maiores efeitos do processo natural de envelhecimento do organismo. A partir de sua prática, é possível garantir um melhor funcionamento da circulação sanguínea (prevenindo-se de uma grande lista de problemas que podem ser ocasionados), ganha um importante aliado contra a osteoporose, respiração e uma série de outros benefícios. Se a idade ainda não é uma questão para você, sem problemas, o Pilates é indicado para te ajudar através da resistência muscular, coordenação motora, disposição e fortalecimento muscular (Todos estes, características fundamentais para aguentar uma rotina agitada).

Novos hábitos e costumes

Praticante de Pilates em momento de exercitação e bem estar
Uma fase de bem estar com o seu corpo

Além disso, essa grande ginástica pode ser fundamental para um processo de recuperação (seja por reabilitação clínica ou natural do organismo) e ajuda a todos os seus praticantes a entrar em uma fase de dias melhores com o seu bem estar. Largar o hábito de fumar ou sedentarismo, por exemplo, é uma decisão muito complicada não só na hora em que ela é tomada, mas principalmente em sua execução.

E nada melhor do que ingressar na onda do Pilates para se preparar e garantir a qualidade de vida que você merece. Por isso, essa é a hora ideal para conhecer um studio profissional e já preparar todos os materiais necessários para entrar no ritmo da turma logo assim que as aulas começarem em 2016. Aproveite este mês inteiro de Dezembro para fazer com que as promessas passageiras de todos os anos, possam ser finalmente “vingadas”.

1182

O primeiro que nunca decidiu começar alguma atividade física no ano seguinte e acabou desistindo, que atire a primeira pedra! Principalmente para quem planeja praticar Pilates, mas ainda precisa de um empurrãozinho, de fato, é um pouco complicado de se imaginar que uma simples passagem de mês (Dezembro para Janeiro) fará com que seu ânimo e autoestima sejam elevados automaticamente e você comece a pratica-lo sem dificuldades.

Uma das melhores dicas, não somente para quem deseja se tornar um Pilateiro mas, para quem está decidido iniciar uma nova fase saudável em sua vida, é adiantar todo o projeto e expectativa montada para o ano que se inicia daqui alguns dias. Esse tempinho até lá, é perfeito você se organizar da melhor maneira possível e fazer com que as metas traçadas possam ser alcançadas. Mas se o seu problema é montar um cronograma todo ano e não conseguir cumpri-lo, vale destacar a importância de seguir os tópicos abaixo, e aplicar essa organização prévia para facilitar sua utilização.

Encontre um parceiro para praticar Pilates com você

Amigas, praticantes de Pilates, em exercitação
Encontrar um parceiro para praticar Pilates, é uma das coisas mais importantes a se fazer

Pessoas acostumadas a praticar atividades físicas com regularidade, entendem como é importante contar com um amigo do lado quando estão exercitando os movimentos durante a sessão. Para quem não tem o mesmo hábito, pode até parecer um fator que não tenha uma relevância tão grande, mas quando os exercícios começarem a cobrar os esforços do seu corpo para conseguir os resultados, ter apoio moral de um companheiro e “dividir os sofrimentos da sua atividade” serão características das quais você não pode deixar de ter ao seu lado.

A emoção de ver os ganhos aparecerem é um aspecto contagiante, e isso é fundamental para todo e qualquer pessoa que inicia atividades para instrução corporal. Se pensar que o começo do ano é responsável por ditar como os seus esforços serão realizados ao decorrer da temporada, nada melhor do que uma dose extra de animação para aproveitar esta época.

Não espere o ano novo, efetivamente, chegar

Praticante de Pilates se alongando para começar seus exercícios
Prepare-se desde já e comece 2016 em alto nível

Aquela história de deixar tudo para cima da hora é uma característica muito presente na grande maioria da população. As tradicionais dietas de emagrecimento e o fim do consumo de bebidas alcoólicas são dois exemplos fieis a afirmativa principal do tópico. Claro, nem sempre é possível planejar o início de alguma prática e começa-la em sequência. Mas, correr atrás de equipamentos e trajes especiais, além de espaços profissionais para fazer a exercitação, são coisas do qual você já deve introduzir o mais rápido possível.

Muitas vezes, o insucesso das atividades é motivado em razão dos chamados detalhes burocráticos que cercam a atividade, e esse é um dos principais motivos que costuma assolar à galera que sempre faz algumas promessas em função da passagem de ano. Para o Pilates, a ideia é perfeita! Conhecer o melhor Studio de Pilates disponível é dar um passo muito grande em direção à saúde de seu corpo!

Não perca a oportunidade de se inscrever nas novas turmas que serão iniciadas logo em Janeiro. Use esses últimos dias de 2015 para adquirir todos os acessórios necessários e também para conversar um pouco com os profissionais do Studio escolhido. Quando 2016 chegar, você estará pronto para executar um verdadeiro planejamento de sucesso!