Dicas de exercícios no inverno

Dicas de exercícios no inverno

638
Pilates

Sejamos sinceros: para uma parcela considerável da população a expressão “exercício físico” por si só já carrega uma conotação sombria, negativa.  Seja por preguiça, por falta de vontade ou até mesmo um sedentarismo extremo, às vezes assumido com orgulho mesmo com os perigos para a saúde que isso representa, algumas pessoas simplesmente ficam apavoradas com a ideia de tentar movimentar-se e entrar em forma. Independente do motivo ou da convicção, uma razão em particular – também compartilhada por boa parte dos entusiastas do exercício – consegue ser um poderoso fator para afastá-las das práticas esportivas: o frio.

É só fazer o teste: basta anunciar entre os seus conhecidos, em uma conversa casual, que você começou a praticar uma atividade física ou entrou para a academia, de preferência de manhã ou à noite. Invariavelmente, alguém vai fazer a clássica e agourenta afirmação: “quero ver você continuar com isso no frio”. Tamanha é a mistura de sensações que essa aparente maldição provoca que algumas pessoas realmente se questionam se resistirão se exercitando quando chegarem às baixas temperaturas.

Opções

Pilates

Não é uma preocupação sem fundamento: tendemos a ficar mais recolhidos e ligeiramente mais desanimados para atividades durante o inverno. No caso de pessoas que já possuam certo desapreço pelo exercício em si, o frio é praticamente um convite a permanecer no sedentarismo. A solução para isso é justamente saber escolher a atividade certa para esse período.

Geralmente, atividades ao ar livre, como corridas e caminhadas, não são muito recomendadas caso a intenção seja a continuidade da mesma – principalmente se você está querendo começar a se exercitar. A natação, mesmo na variedade indoor e em piscinas aquecidas, também tende a afastar alguns potenciais atletas por conta de sua natureza aquática. Pensemos então em priorizar as atividades internas, em locais tidos como mais adequados para a estação. Para quem não gosta do ambiente das academias e também não pretende praticar algum esporte coletivo, a solução pode estar no Pilates.

Atividade para qualquer estação

pilates com bola

Sem contar com os já conhecidos e bastante divulgados benefícios do Pilates, a própria natureza do exercício favorece seu início e continuidade nos períodos de menor temperatura. Além de ser uma atividade indoor e individualizada, com um padrão de vestimenta que se adequa perfeitamente às estações do ano e que ainda por cima sendo uma prática mais localizada, é possível que o Pilates seja a opção ideal para o período para algumas pessoas.

Outro detalhe importante é o fato do exercício em si ser excelente para ajudar com as baixas temperaturas, tanto pelo condicionamento do corpo como pelo ânimo proporcionado pela atividade – além de compensar o fato de que as pessoas tendem a se alimentar com mais frequência nesses períodos, contribuindo para que alguns quilinhos extras apareçam. Faça o possível para espantar a preguiça e começar ou mesmo continuar seu aprimoramento físico durante o inverno, seja através do Pilates ou de outro exercício de sua preferência. Mesmo que pareça uma odisseia a princípio, seu corpo e sua saúde certamente se beneficiarão bastante por isso.

Comentários no Facebook